sunset bangkok

Asiatique the Riverfront – O melhor passeio noturno de Bangkok

Quando estávamos em Bangkok, nós queríamos um passeio noturno além de rooftops, para um dia que estivéssemos menos cansados (não houve, haha). Pesquisando pelo TripAdvisor, descobri o Asiatique, uma espécie de mercado noturno, com centenas de lojas e vários bares e restaurantes. Tudo isso na beira do Rio Chao Phraya e lembrando aqueles piers de filme. Nesse post vou contar um pouco mais sobre esse passeio:

Como chegar

Nós fomos no Asiatique logo depois de irmos no Wat Arum (o Templo do Amanhecer), bem no final da tarde (e ainda assim em um calor escaldante). Como o Wat Arum também fica às margens do rio Chao Phraya, foi bem fácil. Pegamos o Chao Phraya Tourist Boat, ele é mais caro (menos barato) que o barco comum que pegamos na outras vezes, o Tourist Boat custa 45 baht (R$ 4,50). Pelo que nos disseram, o barco comum não iria até o Asiatique. A viagem levou uns 45 minutos que passa super rápido e chegamos bem na hora linda do pôr do sol.

Esse é o barco turístico que pegamos. Ele passa pela região dos hotéis mais famosos de Bangkok.
Esse é o barco turístico que pegamos. Ele passa pela região dos hotéis mais famosos de Bangkok.

O Asiatique não fica aberto o dia todo, por isso os barcos também não vão para lá durante o dia, o primeiro chega lá 16h40.

Outra maneira de chegar é pegando o BTS (Skytrain) até a estação Saphan Thaksin e andar até o rio. De lá, tem um shuttle ferry gratuito que sai a cada 15 minutos até o Asiatique e leva uns 15 minutos. Cheque se é o ferry gratuito, pois li no Trip Advisor que algumas pessoas pegaram os barcos que estavam lá e não eram os gratuitos, eram de outras empresas. Esse ferry também não tem o dia todo, começa por volta das 16h30. Também cuide porque o último barco pro BTS  sai do Asiatique 23h30.

Para ir embora, nós aproveitamos uma wifi do KFC (que fica mais perto da rua) e pedimos um Uber. Já era perto da meia noite quando decidimos ir embora e o BTS não ia para perto do nosso hotel. O Asiatique é bem longe da região que estávamos, acabou levando quase uma hora por causa do trânsito doido e sem horário de Bangkok. Se você conseguir sinal de internet vale muito a pena, pois apesar da distância, deu só 230 baht (R$23).

O que fazer

O Asiatique tem uma infinidade de atrações. Nós chegamos no final da tarde, por volta das 18h. A primeira grande atração é o pôr do sol, lindo! Acabamos comendo em um restaurante que tem logo na entrada também.

por do sol bangkok
A foto do início do post era o sol quando chegamos e essa um pouco depois. Lindo né? (Essa tem um pouco de filtro porque usei no Instagram, haha)

Fora isso, tem lojas de todos os tipos e claro, aquelas lojinhas/feirinhas que você vai encontrar aos montes pela Tailândia. Também tem várias lojas de cosméticos e foi lá que comprei meus óleos de coco.

lojas asiatique

Outra coisa bem popular pela Ásia, mas que em nem todos os lugares são os peixes certos, é aquele aquário que você mergulha o pé e os peixinhos vem comer as suas células mortas. Confesso que eu amarelei só de olhar, deu muita aflição, haha. Mas o valor é muito bom, 150 baht (R$15) para cada 15 minutos.

Mãe foi mais corajosa e recomenda a experiência, km
Mãe foi mais corajosa e recomenda a experiência, kkk
Socorro, nunca, hahaha
Socorro, nunca, hahaha

O que não pode faltar na Tailândia também tem várias no Asiatique: Massagens. Inclusive em lugares fechados e com wifi. Os valores costumavam ser em torno de 180 bath (R$18) para cada meia hora. Eu fiz só em Chiang Mai, nas pernas e pé e elas colocam muuuita força, eu vivia pedindo pra fazer mais fraco, haha.

Tem também no Asiatique uma roda gigante e um mini parque de diversões com outras atrações. Tinha até um carrinho estranho que não entendi bem como funcionava.

roda gigante bangkok

asiatique atractions

Mais uma coisa que estávamos procurando eram os tais dos sorvetes tailândeses que vendem aqui no Brasil e lá nem é tão fácil assim de encontrar, mas achamos aqui no Asiatique. É daqueles sorvetes que eles colocam ainda líquido na superfície gelada e fazem rolinhos. Custa 79 baht (R$7,90) mas não achei tudo aquilo. Tem gosto daqueles frozen yogurt, mais azedinho e bem pouco cremoso. Continuo preferindo os da Cold Stone, haha.

thai ice cream

sorvete tailandes

Ah, mais uma informação de utilidade pública: no Asiatique tem algumas casas de câmbio, caso tenha urgência em trocar dinheiro. Nós precisávamos, mas estávamos sem o passaporte e não deixaram. 🙁 O valor é um pouco acima dos outros lugares, mas ainda assim a diferença era pequena.

Em resumo, o Asiatique foi um dos passeios que amamos e eu recomendo muito pra uma noite em Bangkok. Tem um clima super agradável e animado. <3 Eu fiz vários vídeos e acho que vou tentar editar pra colocar aqui. 🙂

<3
<3

Asiatique the Riverfront:

Aberto todos os dias das 17h às 0h.

BTS: Saphan Thaksin

O Viajapinha é parceiro do Booking, por isso, ao fazer a reserva da sua hospedagem por um de nossos links, você me ajuda a manter o blog, pois ganhamos uma pequena comissão, e você não paga a mais por isso:

booking_viajapinha

 

Você também pode gostar de

2 comentários em “Asiatique the Riverfront – O melhor passeio noturno de Bangkok

Deixe uma resposta