miami florida

Miami – Florida

south beach miami

Para começar minha aventura na Disney, chegamos por Miami e ficamos cerca de 3 dias por lá.  Vou contar sobre a hospedagem em hostel e como foi ficar Miami sem carro e com orçamento contado em uma das cidades mais badaladas da Florida!

Ficamos em South Beach, um dos lugares mais agitados de Miami. Uma parte bem turística, movimentada e cheia de baladas, com tudo por perto. Como era feriado de Memorial Day, muitas ruas ficavam fechadas para a passagem de carros.

Ficamos hospedadas no SoBe Hostel (em um quarto feminino para 4 pessoas fica cerca de U$ 90 para os quatro dias com as taxas) e depois percebi que foi a melhor localização pro nosso caso (só alugamos um carro no último dia). Ficamos na 2a com a Washington Ave, duas quadras da Ocean Drive e íamos a pé para vários lugares. Tinha um Walgreens com 5 minutos de caminhada e alguns restaurantes e lanchonetes. O banheiro e o quarto eram limpos e você podia trocar de toalha todos os dias, era só solicitar na recepção. Esse hostel foi uma boa escolha, tinha um café da manhã ok (bagels, banana, café, suco e cereais) e eles também organizam idas às baladas. A recepção também era amigável e prestativa. O único problema é que não tem elevador, então tivemos dificuldade em subir e descer com as malas pesadas. Se possível, peça para ficar no térreo.

ocean drive
Bicicletas para alugar na Ocean Drive
ocean drive miami
Ocean Drive

Chegamos em Miami por volta do meio dia, mas até passar pela imigração, pegar as malas e chegar no hostel já era umas 15h, mooortas de cansadas depois de passar a noite viajando, mas muito cedo pra ficar dormindo. Então fomos dar uma voltinha para conhecimento de território. Estávamos a 3 quadras da praia: paralela à praia tem a Ocean Drive, depois estava a Collins Ave e depois a Washington Avenue, que era onde estávamos. Estávamos na 2nd st e andamos até a Lincoln Road, que fica entre as ruas 16th e 17th, levávamos uns 20 minutos pra fazer esse caminho a pé.

Lincoln Road é uma rua fechada para carros com muitas lojas, um shopping a céu aberto. Lá tem Apple Store, H&M, Forever 21, Ulta, dá pra passar o dia caminhando ali. E também tem o Shake Shack, melhor fast food que já comi:

shake shack miami
Almoço no Shake Shack, com esse Strawberry Lemonade, delicioso! ;)

No caminho entre o Hostel e a Lincoln, também passamos pela Española Way, uma rua cheia de bares e restaurantes, logo na esquina tem um restaurante mexicano famoso chamado Oh Mexico!

espanola way miami

No segundo dia, pegamos um City Tour com a Big Bus Tour, custou U$ 40,50 (reservando pela internet tem desconto) e era um hop on – hop off de 24 horas (ou seja em 24 horas podíamos usar qualquer um dos ônibus). Como estava MUITO calor, não aguentávamos ficar muito tempo na rua e acabamos descendo pouco do ônibus, mas o tour é muito bom e passa nos principais bairros de Miami e tem vários pontos, só levar o comprovante de pagamento. Esse tour também oferece uma opção de adicionar um tour de barco, que acabamos não pegando, pois só no de ônibus levou quase o dia todo.

Era domingo, então nos lugares que descemos muitas coisas estavam fechadas e com pouco movimento. Paramos em Coral Gables e demos uma volta pela Venetian Pool, uma piscina pública que custa U$ 12, mas não entramos. Também paramos em Coconut Grove, onde tem a CocoWalk, um shopping a céu aberto (inclusive com a Cheesecake Factory).

Venetian Pool, piscina pública em Coral Gables. Custava cerca de U$ 12 para entrar.
Venetian Pool, piscina pública em Coral Gables. Custa U$ 12 para entrar.
Coconut Grove
Coconut Grove

No último ponto, paramos no Bayside Market, que é onde trocamos para o ônibus que leva para South Beach. Adorei o lugar, tem várias lojas (tipo Guess, Gap e lojas menores), feirinha de souvenirs e restaurantes na beira da praia, com shows de música e dança acontecendo o tempo todo. Lá almoçamos em um restaurante cubano, arroz, feijão, bife e batata frita e lembro que não foi caro (coisa de R$ 12) e estava super gostoso. O clima lá é uma delícia, vale a visita (dá pra passar algumas horinhas lá) 😉

Bayside
Bayside

No último dia, fomos à praia, andamos na Ocean Drive e Lincoln Road e no fim da tarde fui andar perto do Hostel. Andando 10 minutos, cheguei no South Pointe Park, no extremo sul na 1st street. É um calçadão com o pôr do sol lindo, um parquinho e muitas famílias fazendo piquenique, caminhando e andando de bicicleta. É um ótimo programa de final de tarde. 🙂

miami
South Pointe Park

south pointe park south point park

Compras:

Fora a Lincoln Road e Bayside, Miami tem muitas outras opções de compras. Meu lugar preferido pra compras lá é o Sawgrass Mills, mas ele fica afastado de South Beach, cerca de 45 minutos de carro. Na outra vez nos hospedamos mais perto, no La Quinta Inn, para irmos no Sawgrass e no outro dia cedo sair para Cabo Canaveral (assunto para outro post). Lá é gigante, se a intenção é compras, reserve um dia inteiro só para esse shopping. Aqui a lista das quase 350 lojas. 🙂

Perto do aeroporto tem o Dolphin Mall, com quase 250 lojas de todos os tipos. Antes de ir, vale a pena conferir as lojas que estão em promoção pelo site.

Nunca fui no Aventura Mall, mas já ouvi pessoas falaram que é o melhor de Miami, então fica o registro. São quase 300 lojas e pela I-95 fica a meia hora de South Beach.

P.S: Se você estiver indo para Orlando, não gaste todo o seu dinheiro aqui em Miami, lá também tem outlets excelentes! 😉

Baladas:

Antes de ir eu pesquisei muito sobre as baladas em Miami, que são conhecidas no mundo todo. Só que enquanto eu estava lá, ficava morta todo final de dia e não tinha forças pra sair. Então aqui estão as três que eu pesquisei e estavam nos meus planos:

LIV – É uma boate super famosa que fica dentro do Hotel Fontainebleau (que é lindo, fui visitar porque é uma das paradas do Big Bus). Os preços dependem do dia e de quem vai estar tocando, mas a média é U$ 40 o ingresso feminino. Fica na Collins, de táxi era pertinho de onde estávamos.

Maison –  Essa era outra que eu tinha ouvido falar muito e estava na lista se desse tempo (depois da LIV). Fica na Washington, bem perto do nosso hostel. O ingresso é em média U$ 30.

Mango’s Tropical – Eu tinha lido umas reviews no Trip Advisor de que lá eles tentam imitar o clima latino exageradamente, o que acaba sendo engraçado e fazendo a festa valer a pena. Mas também li que a bebida era cara, então, atenção ao fazer o pedido.

No dia seguinte, acordamos cedo, pegamos o carro alugado e viajamos em direção a Orlando, que fica 3h30 indo pela Turnpike.

Você também pode gostar de

Deixe uma resposta