Nesse último final de semana de calor atípico pra esse outono, aproveitei para conhecer um lugar que estava a tempos na minha lista, as piscinas naturais da Barra da Lagoa. A Barra é uma praia que eu costumo ir bastante, mas ainda não tinha me animado pra fazer a trilha e chegar nessas piscinas. Aproveitei que o movimento também estava menor e lá fomos nós.

Como eu já havia explicado nesse post, a Barra da Lagoa fica cerca de uns 30 minutos de distância do centro da cidade (sem trânsito), logo depois da Lagoa e da Praia Mole, mas com trânsito você pode levar mais de uma hora. Se for de ônibus, precisa chegar no terminal da Lagoa (TILAG) e pegar uma linha da Barra da Lagoa, ou pegar um executivo(amarelinho) que vai direto pra lá. Se for de carro, tem alguns estacionamentos pagos na região, que custam entre R$ 15 e R$10, dependendo da época do ano.

Pra chegar, você precisa passar a ponte do Canal da Barra que tem no final da praia. Esse Canal é o que liga a Lagoa com o mar. Após a ponte, tem várias casas e mais uma praia menor. Siga reto até chegar em uma trilha. Dali em diante, você vai precisar caminhar cerca de 15 minutos (a ida parece ser mais longa, rs).

A trilha começa após essa ponte
A trilha começa após essa ponte
E depois dessa praia :)
E depois dessa mini praia :)
trilha barra
Como o dia estava bonito, tinha bastante gente indo e vindo
Essa é a pior parte, subir segurando pela corda
Essa é a pior parte, subir segurando pela corda (mas não é tão ruim quando parece)

Pessoas com problemas de mobilidade e idosos não devem fazer essa trilha, pois tem muitas pedras, subidas e caminhos difíceis de passar. Crianças acredito que não terão problemas, tinham várias lá hoje. Chega uma hora que tem uma bifurcação e ficamos muito na dúvida. Vá pela direita (por cima). Também não tem nenhuma sombra quando chega lá, a não ser a das próprias pedras, então evite os horários de sol muito forte.

Mas quando chega, essa é a vista!
Mas quando chega, essa é a vista!

piscina lagoa

barra da lagoa piscina

As famosas piscinas na verdade não são piscinas, são formadas pela água do mar em meio as pedras, que dá essa impressão de ser pequenas piscinas, além de a água lá parecer ser muito mais clara.

E chegando lá é essa vista incrível. Tenha cuidado pois as pedras são lisas e o chinelo molhado também escorrega muito. Fora isso, é só aproveitar!

vista barra lagoa

Você também pode gostar de

1 thought on “Piscinas Naturais – Barra da Lagoa – Florianópolis/SC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *