E nosso último dia em terras européias chegou. 🙁

Nesse dia acordamos mais tarde, pois fomos para balada na noite anterior. Tínhamos feito a reserva para visitarmos a Freixenet às 12h, mas como a Cava fica em outra cidade, próxima a Barcelona, saímos do Hostel antes das 10h.

Fomos até a estação do Arco do Triunfo, porque eu havia lido que lá dava para comprar o Freixetrem, que é o trem e a entrada para o tour (só fizemos a reserva pelo site, não o pagamento).

Freixenet é a maior produtora de cava do mundo. A Cava é um vinho espumante produzido com uvas de algumas regiões específicas da Espanha. Assim como Champagne é somente o espumante produzido na região de Champagne na França, Cava é somente o espumante produzido nessas regiões espanholas.

É na cidade de Sant Sadurní d’Anoia que estão alguns dos mais famosos produtores de cava, onde além da Freixenet, está também a Cordoniú, Recaredo e várias outras.

Para chegar, compramos o Freixetrem por 12 euros. Na própria estação pedimos a orientação de qual trem pegar, é um Renfe, sentido Vilafranca del Penedés / Sant Vicenç de Calders e descer na estação de Sant Sadurní d’Anoia. O trajeto levou quase uma hora.

Da estação você já vê a Freixenet, que fica bem em frente. Como chegamos um pouco mais cedo, decidimos dar uma volta pela cidade para achar um lugar para tomarmos o café da manhã. Que erro! Ou não fomos na direção certa, ou realmente não tem nada na cidade, haha. Caminhamos e só encontramos um café pequeno que não tinha muito o que comer. Acabamos voltando à estação para comer lá, e dois cafés e dois croissants saíram menos de 4 euros.

Foto de dentro da estação de trem. Viu como não tem erro?
Foto de dentro da estação de trem. Viu como não tem erro?
Andando por Sant Sadurní d'Anoia, ninguém na rua!
Andando por Sant Sadurní d’Anoia, ninguém na rua!
Olha que bonitinhas essas rolhas pela rua!
Olha que bonitinhas essas rolhas de espumante pela rua!

Em seguida já entramos para o tour. Só mostramos a compra do Freixetrem e avisamos que tínhamos reserva para o meio dia. Esperamos alguns minutos e nos chamaram para uma sala que parecia um cinema. Pra ir entrando no clima, vimos um vídeo que conta a história, a capacidade produtiva e as campanhas publicitárias da cava.

Depois aparece nosso guia e vamos descendo pelas adegas. Nosso tour foi todo em inglês, mas o guia falava bem rápido e com sotaque forte, que em alguns momentos foi difícil acompanhar. Ele explicou sobre as uvas, as terras e as diferenças entre as cavas. Também falou várias curiosidades sobre espumantes em geral, embalagem e mitos achei bem interessante. Depois subimos em um trenzinho e passamos por onde armazenam as bebidas, é tudo imenso! Passamos também por uma parte da fábrica, onde podemos ver as garrafas sendo embaladas.

freixenet-barcelona

garrafas-freixenet

freixenet-fabrica
Uma passadinha na fábrica
freixenet-espanha
Os tamanhos de garrafas já produzidas. Hoje em dia não fazem mais a maioria dos tamanhos.

O tour não é muito longo, e depois dessa parte da fábrica vamos para a loja, onde nos serviram uma taça de uma das bebidas da reserva (muito boa por sinal), com algumas bolachinhas salgadas. Tem um cardápio onde pode-se pedir pratos e almoçar por lá, já com as sugestões de espumantes para harmonizar.

Para ir embora, passamos pela loja da cava e compramos espumantes por preços bem atrativos. Compramos 1 garrafa grande (1 L), três garrafas de 375 ml de alguns espumantes indicados pelo nosso guia, um vinho rosé e três mini espumantes para presente. Tudo deu 30 euros.

O tour é bem interessante, mas senti falta de visitar a plantação, (como teve no tour em Concha y Toro e foi super legal). Recomendo para quem tem mais de 4 dias em Barcelona e se interessa por esses tours em vinícolas. Apesar de esse ser um tour curto (pouco mais de uma hora), com o deslocamento precisa de pelo menos um período do dia. Também achei um bom preço 8,50 euros, ou 11 com o bilhete de trem.

Para ir embora, esperamos alguns minutos na estação e em uma hora estávamos de volta a Barcelona.

Como esse post ficou grande, fiz outro post com o restante do dia, nesse link.

Está indo para Europa? Reserve sua hospedagem o Booking, parceiro do Viajapinha:

booking

Você também pode gostar de

2 thoughts on “Como visitar a Freixenet – Barcelona

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *